segunda-feira, 19 de março de 2012

Centrais de reciclagem por meio de PPPs podem ser solução lucrativa para o aproveitamento de lixo no país

Pela sistemática defendida por especialistas, o modelo de centrais de reciclagem poderia ser implantado na maior parte do país, até 2014.
19 de março de 2012 - O modelo das parcerias público-privadas (PPPs) pode viabilizar a reciclagem de lixo no país, diminuindo gastos para as prefeituras e gerando oportunidades para empresas. Pela sistemática defendida por especialistas, como o presidente do Instituo Brasil Ambiente, Sabetai Calderoni,o modelo de centrais de reciclagem poderia ser implantado na maior parte do país, até 2014. O prazo é o mesmo estipulado pela Política Nacional de Resíduos Sólidos para o fim dos lixões.
Com as PPPs, as prefeituras cederiam apenas o terreno próximo às cidades, onde os resíduos seriam tratados em até 24 horas. As centrais seriam montadas e administradas pela iniciativa privada. “Você não vai eliminar totalmente os custos, mas vai criar uma sistemática de aproveitamento desses materiais e gerar receita, empregos, benefícios para a saúde publica e o meio ambiente. Se o governo não consegue se organizar para isso, transfira a questão para o setor privado, se desonere e crie vantagens para todos”, disse o economista.
A proposta é tratar todo o resíduo em até um dia, com isso, segundo Calderoni, não existe necessidade de grande distância dos centros, já que não há exposição da população aos riscos à saúde. “Você economiza cerca de 90% com transporte, evita poluição com tráfego e acidentes, e ainda você não paga para alguém receber em aterros e usa uma área pequena”, declarou.
Nas centrais de reciclagem, o lixo orgânico, que representa quase 60% do material domiciliar, seria tratado e separado. A parcela sólida poderia ser aproveitada energeticamente, assim como o lixo de banheiro (fraldas, absorventes e papel higiênico), ou usada como fertilizante. A outra metade do lixo orgânico domiciliar, que é composta por água, teria um tratamento específico. “Eu estou transportando, hoje, para longe [aterros], água, a um custo proibitivo, quando eu poderia, em um pátio, fazer com que essa água escorresse por uma canaleta, e tratasse essa água, sem que virasse chorume e causasse doenças quando lançadas em poços e rios”.
Calderoni ainda acrescenta que o entulho da construção civil poderia ser aproveitado em obras públicas. “Nem tudo é ferro e lage. Tem muita terra, madeira, carpete, móveis. São muitos materiais que podem ser transformados em energia elétrica, mas, também, na construção de boca-de-lobo, mesas e bancos para praças, vigas e colunas para túneis”.
Segundo o economista, com a determinação de extinção dos lixões até 2014, de acordo com a Política de Resíduos Sólidos, “vamos ter que recorrer ao aterro, que não pode receber material sem processamento prévio. Isso vai forçar a implantação de centrais de reciclagem”.
Mas a adesão ao modelo de centrais de reciclagem pode demorar mais do que o desejado pelo economista. As prefeituras ainda mantém contratos com aterros sanitários. Esses acordos costumam ter vigência de 15 a 20 anos e, dificilmente, são rompidos.


(Agência Brasil)

 http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/mec-vai-acionar-pf-para-investigar-cobranca-irregular-pela-unies/n1597700150799.html

Leia Mais: http://ultimoinstante.com.br/setores-da-economia/setor-saneamento-meio-ambiente/66897-centrais-reciclagem-por-meio-ppps-podem-ser-solucao-lucrativa-para-aproveitamento-lixo-pais.html#ixzz1paj9lCUr

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Você conhece alguém que gostaria de ter uma renda extra?

    Visite o site da nossa distribuidora


    www.inspiracao.net/268096


    Visite a loja da nossa distribuidora
    ---
    https://loja.inspiracao.com.br/nova/index.asp?origem=novaInspiracao&coddistp=268096


    Curta a nossa página __

    http://www.facebook.com/pages/Inspira%C3%A7%C3%A3o/215366391942400?ref=hl


    Participe da nossa comunidade no google
    https://plus.google.com/u/0/b/100044839638912698301/communities/101126118946310900687

    Rede Social: Facebook - http://www.facebook.com/anisia.nascimento

    Twitter - https://twitter.com/Anisiasn

    Orkut - http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=9886128103516001756





    "Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso." Fernando Pessoa

    “É necessário se espantar, se indignar e se contagiar, só assim é possível mudar a realidade.” Nise da Silveira


    “Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão”. Paulo Freire


    “Todo mundo deve inventar alguma coisa, a criatividade reúne em si várias funções psicológicas importantes para a reestruturação da psique. O que cura, fundamentalmente, é o estímulo à criatividade”.Nise da Silveira


    “Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade.” Paulo Freire


    “Conhecer é tarefa de sujeitos, não de objetos. E é como sujeito e somente enquanto sujeito, que o homem pode realmente conhecer.”
    Paulo Freire


    A esperança é arma que nos move para continuarmos lutando.
    Anisia Nascimento

    http://educacaoinfantil-anisianascimento.blogspot.com.br

    ResponderExcluir